Visibilidade

Nunca como hoje, se falou tanto em Saúde Mental, tão abertamente e numa perspetiva tão abrangente, e tudo graças a algumas vozes sonantes como Oprah Winfrey ou Simone Biles, que apesar de tudo o que viveram, tiveram a “lucidez” de gritar ao mundo, mostrando uma nova perspetiva, visibilidade e consciencialização do problema.

São inúmeras as celebridades e atletas de topo, como o caso da Vanessa Fernandes que sucumbiram, por isto ou por aquilo, às suas própria espirais de negatividade mental.

Mas, os famosos não são casos únicos, eles foram e são, a expressão visível de algo que afeta silenciosa e transversalmente uma boa franja da população mundial, eu diria mais, todos nós, em determinados momentos das nossas vidas, sofremos alguma forma de perturbação mental.


Gatilhos

São inúmeros os fatores que levam o ser-humano por essa espiral mental negativa:

  • Exigência – ter resultados que correspondam às expetativas;
  • Competição – ser igual ou melhor que;
  • Superação – ter que dar mais de mim para ser ou possuir mais;
  • etc., etc., etc.

Podemos juntar a Pandemia a esta extensa lista. Esta, veio retirar-nos quase tudo o que tínhamos como dado adquirido, mas principalmente – porque o ser-humano é um ser-social – o que para muitos é um escape para o seu equilíbrio, o convívio social, remetendo-nos para o isolamento e o consequente espelhamento distorcido e ampliado das nossas limitações e fragilidades, entrando num processo de “quase” punição e autodestruição.


O Processo

Desde os primórdios da criação, que o “homem” está dotado de um sistema neurofisiológico complexo e em branda evolução,

Corpo e mente comunicam por neurotransmissores – hormonas – difundidos através de redes neuronais, por impulsos elétricos, e são responsáveis pelas nossas reações, comportamento e sentimentos.

A adrenalina e o cortisol tinham como função primordial para o homem das cavernas, a sobrevivência – luta ou fuga – num ambiente hostil e selvagem em que o perigo espreitava a cada passo, era necessário estar em alerta permanente.

Hoje, o ambiente em que vivemos em nada se parece com o mundo pré-histórico – embora por vezes pareça que continuamos a viver num mundo hostil e selvagem – porém, o ser-humano pouco ou nada mudou nesse aspeto e por isso – muitas vezes sem necessidade – continua a produzir cortisol em larga escala, e quando assim é, por longos períodos de tempo, levam à somatização de doenças físicas e mentais.

Nota: É facilmente verificável os efeitos do cortisol em eventos sociais, como manifestações ditas pacíficas ou em eventos desportivos, e que culminam muitas vezes em escalada de violência – e nós pessoas de bem, ficamos muito escandalizadas por essas ocorrências – não tenha dúvidas, se você estiver lá e se se deixar dominar pelas emoções, a adrenalina e o cortisol farão o resto.


A Importância da Saúde Mental

Penso que, por tudo o que anteriormente referi, não haverá muito mais o que falar, a não ser dizer-lhe que, quando você se permite vivenciar o stress, o medo e a raiva, não só está potencializando o seu declínio psicofisiológico, como do “rebento” que tem no seu ventre.


O Antídoto

“É preciso coragem para ser imperfeito. Aceitar e abraçar as nossas fraquezas e amá-las. E deixar de lado a imagem da pessoa que devia ser, para aceitar a pessoa que realmente sou”.

Brené Brown

Ou:

Se o problema tem solução, porque se preocupa?… Se o problema não tem solução, porque se preocupa?…

Provérbio Chinês

Estas duas referência refletem na perfeição o que pode fazer pela sua saúde mental, e que já nos familiarizámos ao referir como Inteligência Emocional graças ao trabalho de excelência de Daniel Goleman.

É certo que, nem todos, nem sempre temos condições para ultrapassar todos os acontecimentos das nossas histórias de vida, por isso peça ajuda especializada. Ferramentas como o Coaching, a Hipnoterapia e a PNL são seguramente uma mais-valia para a sua saúde mental, e fica desde já a promessa de que este vai ser o tema do próximo post- não é vergonha termos problemas, o mau é não reconhecê-los e não pedir ajuda.

Um abraço no coração ♥

Gostou? Avalie este artigo.

Gostou? Então Partilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on pinterest
Share on email
Share on whatsapp
Share on telegram

Subscrever Newsletter

Receba Todas as Novidades em Primeira Mão

Explore Mais

Empreendo

Tem um minuto?

TEM UM MINUTO? Tem um minuto? – Esta é talvez a pergunta que faz com que a produtividade de qualquer pessoa caia drasticamente. O dia

MZC

Comunicação

Comunicação… o que é comunicação? A comunicação está por todo o lado, desde que acorda até que se deita, sozinh@ ou acompanhad@, e mesmo dormindo

Do You Want To Boost Your Business?

drop us a line and keep in touch

error: Content is protected !!
%d bloggers like this: